sobre o martinus

O Colégio Martinus Centro atende da Educação Infantil ao Ensino Médio, o Colégio Martinus Portão e o Colégio Martinus Bom Pastor atendem, a Educação Infantil e o Ensino Fundamental e o Centro de Educação Profissional Martinus forma Técnicos de Nível Médio.

O Martinus é uma "Gemeinde Schule", ou seja, uma Escola de Comunidade desde a sua origem. Sua história está fortemente vinculada à cultura alemã e ao laço com a confessionalidade luterana.

O Colégio Martinus iniciou as suas atividades em Curitiba no 1948 ao lado da Igreja do Redentor, numa iniciativa do Pastor Soboll. Primeiramente teve o nome de “Escola Evangélica de Curitiba” e ofertava somente o antigo Curso Primário. Em 1953 passou a ofertar o Curso Ginasial (equivalente ao atual Ensino Fundamental II) e passou a se chamar Ginásio Martinus. No ano de 1965 teve início o Curso Secundário (equivalente ao atual Ensino Médio) e desde então tem o nome de Colégio Martinus.

No ano de 1980 o Colégio Martinus passou a funcionar também no Bairro Portão com a criação do que foi chamado na época de “Colégio Martinus Junior”. No ano de 1996 foi criado, no Bairro São Francisco, pertinho do Colégio Martinus Centro, o Centro de Educação Profissional Martinus, que oferta formações profissionalizantes. No ano de 2012 o Colégio Martinus assumiu a gestão da Escola Bom Pastor, em Ponta Grossa.

Na história educacional do Martinus constam a tradição do bom ensino, da disciplina, do bom ambiente de convivência e a excelente formação de valores como marcas da sua tradição pedagógica e dos relevantes serviços que vem prestando para a educação das crianças e jovens em Curitiba, desde a sua fundação.

nossa missão

Educar crianças e adolescentes com elevada qualidade de ensino, segundo princípios éticos, cristãos e científicos, para que se tornem pessoas bem preparadas para o prosseguimento dos estudos em nível superior e capazes de inserção solidária na vida em sociedade.

O Martinus como escola confessional luterana

O Martinus está, portanto, historicamente ligado à Comunidade Evangélica de Curitiba (CELC-UP) e à Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB). Essa ligação histórica dá a marca da formação cristã que o Colégio oferece como elemento de prática diária em suas atividades. Já nos ensinou Lutero que a educação e a fé devem andar juntas, pois a verdadeira sabedoria está na instrução que promove o bem.

A imigração alemã foi responsável pela propagação do luteranismo, particularmente no Sul do Brasil e, com isso, pela criação de inúmeras escolas ligadas a essas comunidades de imigrantes. O apreço dos imigrantes pela educação fez com que a máxima de Lutero, "ao lado de cada templo, uma escola" se concretizasse em várias instituições que hoje fazem a diferença na oferta de uma formação de excelente qualidade nas comunidades em que atuam.

O Martinus como parte da Rede Sinodal de Educação

O Martinus, coerente com a sua identidade luterana e com a sua origem histórica, é uma escola associada da Rede Sinodal de Educação, que congrega 53 instituições de educação básica e de ensino superior nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso e São Paulo. A Rede Sinodal de Educação atinge um universo de 36 mil alunos e mais de 3 mil professores envolvidos em projetos de formação humana integral, baseados nos princípios evangélico-luteranos.

A mantenedora do Martinus

A mantenedora legal do Martinus é a ISAEC - Instituição Sinodal de Assistência Educação e Cultura, que congrega projetos educacionais e sociais ligados à IECLB, prestados em diferentes lugares do país. A ISAEC fornece os padrões administrativos para a instituição e acompanha o seu desempenho.

Em Curitiba, o Martinus tem a sua gestão administrativa e pedagógica acompanhada pelo Conselho Escolar que é indicado pelo Conselho Diretor da CELC-UP e homologado pela ISAEC. Esse conselho é composto por 10 integrantes indicados para um mandato individual de quatro anos. O Conselho se reúne ordinariamente uma vez por mês.